Plano de Ação do Governo Carvalho Pinto (1959-1963)

Item


Razão Social

Plano de Ação do Governo Carvalho Pinto (1959-1963)

Tipo

Biografia

Descrição

O Plano de Ação do Governo Carvalho Pinto para o Estado de São Paulo de 1959 a 1963 (PAGE) foi instituído pelo Decreto nº 34.656, de 12/02/1959, cujo objetivo era promover o desenvolvimento do estado de São Paulo, sobretudo das regiões mais carentes de infraestrutura pública. Os investimentos do PAGE foram estruturados em três setores: 1. melhoria das condições do homem, que incluía as áreas de educação, cultura e pesquisa; justiça e segurança; saúde pública e assistência social; e sistemas de água e esgoto; 2. infraestrutura abrangendo energia; ferrovias; rodovias; pontes municipais; aeroportos, portos e navegação; e 3. expansão agrícola. Um terço dos recursos foi destinado à melhoria das condições do homem, que proporcionou um grande investimento na construção de equipamentos públicos: fóruns, postos de saúde e principalmente escolas: primárias, secundárias, técnicas profissionais e a execução do novo campus - a cidade universitária Armando Salles de Oliveira - para a Universidade de São Paulo. Integraram também esse setor a criação de uma nova instituição – a Universidade Estadual de Campinas e de um órgão de apoio à pesquisa – a FAPESP. Esse Plano foi responsável pela contratação de mais mil projetos, espalhados em mais de 200 municípios do Estado de São Paulo, envolvendo mais de 160 arquitetos, a maior investida para a difusão da arquitetura moderna paulista. O edifício escolar e o fórum foram as tipologias mais privilegiadas tanto na estruturação do Plano, como na investigação dos arquitetos, como as escolas de Itanhaém, Guarulhos, Utinga e FAU projetadas por Artigas e Cascaldi; os fóruns: de Araras por Fábio Penteado; de Itapira por Joaquim Guedes, de Avaré por Paulo Mendes da Rocha, de Orlândia de Jorge Wilheim; de Amparo por Oswaldo Arthur Bratke, e a construção da Cidade Universitária da USP, entre outros. Esses projetos introduziram grandes inovações quanto ao programa, à integração com a cidade, à sociabilidade, às técnicas construtivas, à solução estrutural, à estética e a sua relação com as artes plásticas, constituindo novos paradigmas à arquitetura.
Arquitetos:
● Celso Monteiro Lamparelli- grupo técnico
● Francisco Whitaker Ferreira- grupo técnico
● Domingos Theodoro de Azevedo Netto- grupo técnico
● Abelardo Gomes de Abreu
● Abelardo Riedy de Souza
● Abrahão Sanovicz
● Adolfo Ortemblat Filho
● Adolpho Rubio Morales
● Afonso Eduardo Reidy
● Alberto David
● Alberto Rubens Botti
● Alfredo Paesani
● Ari de Queiroz Barros, Ariosto Mila
● Arnaldo Furquim Paoliello
● Arnaldo Grostein
● Arthur Fajardo Netto
● Ayako Nishikawa
● Bernardo José Castelo Branco
● Carlos Barjas Millan
● Candido Malta Campos Filho
● Carlos Alberto Cerqueira Lemos
● Carlos Benvenuto Fongaro
● Carlos Cascaldi
● Carlos Gomes e Cardim
● Dácio Ottoni
● Dante de Souza Pereira Autuori
● Dario Monteano
● David Araujo Benedito Ottoni
● Décio Tozzi
● Djalma Macedo Soares
● Dora Aksenfeld
● Eduardo Corona
● Eduardo Kneese de Mello
● Elisário Cunha Bahiana
● Eneas Fernandes de Carvalho
● Ernesto Varga Cardoso
● Fábio Arantes S. Aquino Leme
● Fábio Eduardo Kok de Sá Moreira
● Fabio Moura Penteado
● Feitor Ferreira de Souza
● Fernando Augusto Senna Arantes
● Francisco A. Saraiva Farnniele
● Francisco Petracco
● Galiano Champaglia
● Giancarlo Gasperini
● Giancarlo Palanti
● Gilberto Junqueira Caldas
● Gilberto Othoniel Toni
● Gregório Zolko
● Hamilton M. de Campos
● Heinz Toland Weder
● Heitor Ferreira de Souza
● Hélio de Queiroz Duarte
● Hélio Pasta
● Hélio Penteado
● Helmut Hein
● Henrique Signore Sadocco
● Hernani Russo
● Hirohiko Sawao
● Hiroko Kawauchi
● Hoover Américo Sampaio
● Icaro de Castro Mello
● Israel Galman
● Ivan Gilberto Castaldi
● Jacob Maurício Ruchti
● Jaguanhara de Toledo Ramos
● Jon Andoni Vergareche Maitrejean
● Janusz Wlodzimierr Wojdyslawski
● Jarbas B. Karman
● Jerônimo Esteves Bonilha
● João Batista Alves Xavier
● João Carlos Bross
● João Clodomiro de Abreu
● João Francisco Portilho de Andrade
● João Marino
● João Batista Vilanova Artigas
● João Honório de Mello Filho
● João Walter Toscano
● João Xavier
● Joaquim Guedes Sobrinho
● Joel Ramalho Júnior
● Jorge Nomura
● Jorge Wilheim
● Jorge Zalszupin
● José Caetano de Mello Filho
● José Luiz Fleury de Oliveira
● José Maria Gandolfo
● José Maria Monfort
● José Pinto
● José Roberto Martins
● Jose Silvestre Viana Egreca
● Julio José Franco Neves
● Júlio Roberto Katinsky
● Kurt Holland
● Leo Ribeiro de Moraes
● Lucio Grinover
● Lucjan Korngold
● Luis Fernandes A. Moraes
● Luis Porto Netto
● Luiz Contrucci
● Luiz Forte Neto
● Luiz Pessoa Ortiz
● Majer Botkowski
● Marc Rubin
● Marcelo Accioly Fragelli
● Marcos Monlevard Tomanik
● Maria Giselda Cardoso Visconti
● Mário Simons Barbosa
● Mario Zocchio
● Maurício Nogueira Lima
● Maurício Tuck Schneider
● Miranda Martinelli Magnolli
● Moreira Andrade
● Nelson A.M. Morse
● Nestor Linderberg
● Ney de Carvalho Marcondes
● Oscar Panzoldo
● Oswaldo Arthur Bratke
● Oswaldo Correa Gonçalves
● Otacilio Rodrigues Lima
● Paulo Eduardo Martins de Oliveira
● Paulo Floriano de Toledo
● Paulo Mendes da Rocha
● Paulo Renan
● Paulo Renan Namede
● Pedro Paulo de Melo Saraiva
● Plínio Crocce
● Renato Alessandri
● Ricardo Sievers
● Rita Olmo
● Roberto Bratke
● Roberto Cláudio dos Santos Aflalo
● Roberto Gabriel Maurício Gontier
● Roberto José Goulart Tibau
● Roberto Monteiro
● Rodolpho Ortemblad Filho
● Rodrigues de Lima
● Roger Henri Wailer
● Roger Zmekhol
● Romeu Thomé da Silva
● Rodolpho Ortemblad Filho
● Ronaldo Dumani
● Rino Levi
● Rosa Grená Kliass
● Rubens G. Carneiro Vianna
● Rubens Cezar Madureira Cardieri
● Rubens Monteiro
● Salvador Candia
● Samuel Spieguel
● Sérgio Teperman
● Setsuo Kamada
● Sliógenes Vieira Negrão
● Sliomar Selter
● Teodoro Castro Mello
● Ubaldo Carpigiani
● Ubirajara Gonçalves Gilioli
● Ubirajara Mota Lima Ribeiro
● Victor Reif
● Walter S. Kneese
● Wlademir Kliass
● Zenon Lotufo
● Zilah Terezinha Castrucci Tambasco

Referências

BUZZAR, M. A. et al. Arquitetura moderna no estado de São Paulo difusão e dimensão social através de equipamentos públicos produzidos pelo plano de ação do governo Carvalho Pinto - PAGE - (1959-1963). In: SALCEDO, R. F. B. et al. (org.). Reabilitação do patrimônio arquitetônico e edificado e sua dimensão cotidiana. São Paulo: Editora Cultura Acadêmica. 2016. p. 101-110.
BUZZAR, M. A. (coord.) et al. Difusão da arquitetura moderna no Brasil: o patrimônio arquitetônico criado pelo Plano de Ação do Governo Carvalho Pinto (1959-1963). Relatório do projeto de pesquisa referente ao Edital do convênio Condephaat/ Fapesp, processo - 2011/51108-0. São Paulo, 2015.
CAMARGO, M. J. Inventário dos bens culturais relativos ao plano de ação do governo Carvalho Pinto (1959-1963). Revista CPC/USP, São Paulo, n. 21, jul. 2016. DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1980-4466.v0iesp21p164-203

Coleções

Recursos vinculados

Filtrar por propriedades

Subject
Título Etiqueta alternativa Classe
Rino Levi Assunto Collection
Carlos Millan Assunto Collection
Giancarlo Palanti Assunto Collection
Eduardo Corona Assunto Collection
Abelardo Riedy de Souza Assunto Collection
Abrahão Velvu Sanovicz Assunto Collection
Eduardo Augusto Kneese de Mello Assunto Collection
Elisiário Antônio da Cunha Bahiana Assunto Collection
Forte & Ciampaglia Assunto Collection
Icaro de Castro Mello Assunto Collection
João Clodomiro Browne de Abreu Assunto Collection
João Batista Vilanova Artigas Assunto Collection
João Walter Toscano Assunto Collection
Joaquim Manoel Guedes Sobrinho Assunto Collection
Jorge Wilheim Assunto Collection
Júlio Roberto Katinsky Assunto Collection
Marcello Accioly Fragelli Assunto Collection
Roberto José Goulart Tibau Assunto Collection
Roger Zmekhol Assunto Collection
Rosa Kliass Assunto Collection
Oswaldo Arthur Bratke Assunto Collection